Salvador, 16 de junho de 2019
Portal do IRDEB
Principal > IRDEB > Acontece > Carnaval 2014

altForam quatro milhões de acessos ao site www.ocanaldocarnaval.com.br durante o carnaval, em 97 países e mais de mil cidades.  Com estes números a web do Irdeb, que coordena o Portal da instituição, o www.irdeb.ba.gov.br, celebra os resultados do primeiro carnaval transmitido ao vivo em HD, através de três janelas de transmissão.  O aumento de audiência foi verificado também pelo aumento no número de novos fãs no Facebook e seguidores no Twitter. Além disso, o site www.ocanaldocarnaval.com.br publicou informações jornalísticas, fotos e quase 300 vídeos, entre registros da folia, quadros de humor, histórias dos blocos de Carnaval e olhares de artistas sobre a festa. Com a hashtag #ocanaldocarnaval, a TVE HD se tornou  mais popular nas redes sociais e cada vez mais interativa, sintonizada com o quê o espectador tem a dizer. 

Em uma das janelas, o site www.ocanaldocarnaval.com.br veiculou a festa multi-cultural do Pelourinho. Em outra, foi replicada a transmissão principal da TVE Bahia, com imagens dos nove circuitos da festa, – incluindo o Mestre Bimba, no Nordeste de Amaralina, e o Riachão, no Garcia. A terceira janela, batizada de Link Trio, consistiu em uma ação inovadora – a equipe da TVE subiu em cima do trio de Luiz Caldas, dividiu o chão da Barra, transmitindo a energia contagiante de Carlinhos Brown e acompanhou o trio de Armandinho, Dodô e Osmar, que trouxe a tradição dos velhos carnavais para os novos tempos, tudo ao vivo, com quatro câmeras.

Esse conteúdo ganhou projeção nas redes sociais da TVE Bahia, principalmente no Facebook, Twitter e Instagram. Para isso, a Web do Irdeb, que contou com o reforço de comunicadores, designers e técnicos reconhecidos no mercado, produziu peças de comunicação chamando atenção para cada início de transmissão e também para o conteúdo do portal e da TV, com textos atraentes e identidade visual homenageando o artista plástico Juarez Paraíso. 

Muita gente que não estava em Salvador teve a oportunidade de conferir a festa dos melhores ângulos. Girlene Garrido, de Aracajú, curtiu direto de Portugal e postou no Facebook "Estou a assistindo o Carnaval de Salvador em Lisboa e on-line. Obrigada TVE". 

Comentários como esse saíram das redes sociais e chegaram até a tela da TV, permitindo que o internauta visse sua opinião mencionada em plena transmissão, o que mostrou a intensa participação do público na exibição. A estratégia de comunicação e marketing da Web não se restringiu apenas à internet, e incluiu anúncios publicados em veículos impressos. 

Muita gente que seguiu a TVE nas redes sociais elogiou a possibilidade de assistir o Carnaval on-line e o compromisso com a promoção da cultura. Waltemir Castello, de Feira de Santana, felicitou os profissionais:  "Parabéns para vocês, por nos mostrar o Carnaval e não algumas coisas preferidas, parabéns mais uma vez pela bela equipe de profissionais que atuaram na cobertura desta gigantesca festa. Obrigado por mais um ano transmitindo o desfile do Mais Belo dos Belos. Só a competência de vocês para nos proporcionar tamanha alegria". 

José Araripe Júnior, responsável pela linguagem e concepção de conteúdo da transmissão avalia o papel da web "O mundo paralelo das redes virtuais nos favoreceu para exercitarmos uma distribuição de conteúdo para o mundo inteiro, na forma mais atual possível, a entrega on demand (aquela que você escolhe o quê e quando quer ver)". 

Um dos maiores destaques deste ano no portal do Carnaval foi a produção de quase trezentos vídeos, gravados antes e durante a folia. Os vídeos, que fizeram parte da programação da TVE Bahia especial para o Carnaval, foram postados no site, divididos em categorias, para serem vistos pelo internauta quantas vezes ele desejar. 

Na sessão Olhar, perspectivas poéticas e bem-humoradas da mais baiana das festas em programas inéditos que revelam um olhar único sob o ponto de vista de artistas e diretores convidados. Em Humor, programas e quadros exclusivos, como a divertida série “Meu Bem Meu Mal no Carnaval da Bahia”, com os aclamados atores Fernando Marinho e Lucio Tranchesi interpretando as desventuras de um anjinho e um diabinho que disputam por tudo. 

Já na categoria DOCs, a vida, a obra e o legado de grandes nomes e ícones do Carnaval. Em Histórias, quadros como Que Bloco é Esse?”, que traça um perfil do Carnaval da Bahia, dos afoxés aos trios, dos afros ao samba, mostrando como é feita a escolha do tema, da Rainha, os preparativos das fantasias, do adereço, o trabalho social e muito mais. Por fim, a sessão Melhores Momentos traz uma seleção que passeia por todos os dias, com o mais emocionante de foliões e artistas. 

O Carnaval acabou, mas a festa continua no ar no site do Carnaval, com vídeos e conteúdos exclusivos. Por tudo isso que a TVE Bahia é o Canal do Carnaval, a única emissora com a missão de mostrar toda a riqueza da cultura baiana e suas raízes. É uma disposição que se confirma ano a ano, com novidades que fazem a diferença. A equipe da web se despede e saúda os 40 anos do Ilê Aiyê e o Carnaval dos blocos afro. O Canal do Carnaval continua no ar sempre com a intenção de mostrar a democracia, a diversidade e a cultura que fazem do Carnaval da Bahia um movimento popular sem igual.

Nossos canais

Site: www.ocanaldocarnaval.com.br

Facebook: www.facebook.com/tvebahia

Twitter: www.twitter.com/tvebahia



 

© 2019 | IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.