Especial das Seis

09/11/2009 16:53:01

img_destaque_interna_joao_araujoJoão Araújo - “Viola Urbana - Ao Vivo”

João Araújo é o destaque do programa dessa terça com o disco Viola Urbana – Ao Vivo. O cantor, compositor, produtor e cronista desenvolve, desde 2004, uma pesquisa sobre a influência da viola caipira na música popular brasileira. Em 2005, surgiu o primeiro CD, fruto da pesquisa, e ano passado foi gravado um segundo CD, dessa vez ao vivo. E é este trabalho mais recente que vamos ouvir no Especial das Seis, conferindo diversas releituras, a exemplo das faixas Trem do Pantanal, Sabiá e o pout-pourri com as músicas Amanheceu, Peguei a Viola e Comitiva Esperança.

João Araújo é músico, cronista e pesquisador cultural. Autodidata, dedica-se à música desde 1979 e tornou-se especialista em violão, mas toca ainda viola de 10 cordas,  cavaquinho, flauta doce e percussão. Participou como vocalista, instrumentista e arranjador de bandas de forró, rock, MPB e de samba, o que torna seu trabalho de composição e interpretação bastante diverso e abrangente.
Sua primeira produção independente, o CD "Festival", é um reflexo de seu ecletismo, apresentando 11 composições próprias - letras, melodias e arranjos em estilos diferentes, de maneira que cada um desses segmentos procure agradar a um público específico, enquanto agrada pessoalmente ao autor.
O primeiro álbum João Araújo - Viola Urbana: “A influência da viola caipira na MPB", é fruto da pesquisa homônima realizada via Lei Federal de Incentivo à Cultura (Pronac 04-5282), onde João busca contar como a viola influenciou a Música Popular Brasileira, através de 13 segmentos representados por verdadeiras “pérolas” gravadas. Destaca-se também nesse trabalho duas faixas de sua autoria: a canção "Menino da Cidade" (faixa 13) e o texto declamado "Saudação de um caipira" (faixa 14), onde homenageia o jeito de ser dos habitantes de Cordisburgo/MG, terra natal de João Guimarães Rosa. Assinando a produção ao lado de Geraldo Vianna, toda a pesquisa, escolha de repertório, confecção dos textos e direção do projeto junto ao MINC é de João, que participou também na execução (voz e violão), arranjos e mixagens em todas as faixas.

Fonte: Página oficial do cantor.

O programa acontece de segunda a sexta - 18h.